Zairyu Card

Finalmente deixei de ser alien aqui no Japão. Como tive que renovar o meu visto novamente, com a mudança no ato de controle imigratório (ler mais aqui), eu recebi o novo Zairyu Card (在留カード) ao invés do Gaikokujin Touroku Shoumeisho (外国人登録証明書), que é traduzido para “Alien Registration Card”.

Além do Zairyu Card, do sistema de re-entry facilitado e de que o Immigration Bureau cuidará dos estrangeiros ao invés das prefeituras, eu ainda não percebi maiores diferenças no sistema.

Para os estudantes de plantão, não esqueçam de entregar cópias do seu cartão para as secretarias da faculdade. Eu tive que entregar para o departamento e para a Graduate School, por sinal.

Anúncios

Visto da Índia

No mês de dezembro, eu terei uma conferência na Índia. Para o visto de conferência, aqui vão as dicas (última atualização em Novembro de 2012):

  • Acesse o site de vistos indianos no Japão e preencha o cadastro online, imprimindo o PDF gerado. A data e hora para você ir ao Centro de Vistos Indianos está escrito na margem direita do PDF
  • Para o visto de conferência, prepare:
    • Cadastro impresso com uma foto 5cm x 5cm colada
    • A carta-convite da conferência contendo seu nome
    • As cartas de liberação da conferência emitidos pelo governo estadual, Home Affairs e External Affairs (três cartas no total)
    • Carta de recomendação da sua universidade (assinada a mão, não vale assinatura eletrônica)
    • Seu passaporte com no mínimo 6 meses de validade a partir da data de chegada na Índia
    • Cópias do seu passaporte (página com suas informações e página com o visto japonês)
    • Cópia do seu Gaikokujin Toroku ou Zairyu Card
  • Você pode também ir lá sem fazer o cadastro online. Nesse caso, preencha o formulário e cole uma foto 3,5cm x 4,5cm. Caso o sistema esteja com problema, eles podem sugerir para você fazer o processo offline para ir mais rápido
  • Vá para o centro de vistos. Ele fica perto da estação Myogadani da linha Marunouchi do metrô (mapa aqui)
  • Chegando lá, se você fez o cadastro online, vá para o guichê B (no caso de visto de conferência). Se você não fez o cadastro online, pegue a senha no lado esquerdo dos balcões
  • Entregue os documentos e espere. Quando eles chamarem, assine duas folhas e pague o valor. O visto de conferência para não-japoneses sai ¥14.935 (no meu caso, a universidade reembolsa a taxa)
  • O visto demora cerca de 8 dias úteis para ser emitido, embora possa chegar a umas 3 semanas de acordo com a atendente. Se faltar qualquer documento, eles vão ligar ou mandar e-mail
  • Para buscar, vá para o centro de vistos novamente das 5h às 5h30. Tente chegar um pouco mais cedo por causa da fila. Além disso, você terá que esperar alguma tempo fora do centro, então vá preparado caso seja um dia de chuva ou seja inverno. Confira os dados do visto

Novos procedimentos para o visto de estudante

Aviso oficial da universidade em relação aos novos procedimentos de visto que entraram em vigor em julho deste ano:

http://www.u-tokyo.ac.jp/res03/i17_e.html

Neste link contam também informações para extensão do visto, mudança de status de residência, mudanças do sistema de re-entry, vistos de família e permissão para trabalho temporário.

E mais outro aviso: para aqueles que forem graduar ou transferir de instituição, formulários de saída da instituição atual e de transferência para outra instituição (se aplicável) devem ser submetidas 14 antes do desligamento no Immigration Bureau, no balcão C4 do segundo andar no caso do Immigration Bureau de Tóquio. Esses formulários estão aqui.

Além disso, toda vez que for sair do Japão, você deve avisar a universidade entregando o ryokou todoke (旅行届け), e na volta deve entregar o kikoku todoke (帰国届け) e cópias das páginas do seu passaporte com o carimbo de entrada e saída do Japão (não é necessária a cópia de outras páginas), datado e assinado por você. Esses formulários estão na secretaria do departamento (no meu caso, eles mandaram o PDF por e-mail).

Mudanças no Ato de Controle Migratório II

Neste post de mais de um ano atrás, eu escrevi sobre as futuras mudanças no Ato de Controle Migratório do Japão. As mudanças enfim começarão a tomar forma, e o novo sistema entrará em vigor a partir de 9 de julho de 2012. Aqui está o site em português, e o panfleto oficial.

Alguns dos pontos mais importantes (pelo menos para mim):

  • O sistema de re-entry será modificado, e todas as pessoas que não ficarem fora do Japão por mais de um ano não necessitarão do re-entry;
  • A validade do visto será aumentada;
  • A renovação deverá ser feita até o dia 8 de julho de 2015, ou quando o visto for renovado.

Renovação de visto e permissão para trabalho

Os bolsistas do Monbukagakusho recebem vistos de validade de dois anos – para corfirmar a data de validade do seu visto, ver o landing permission (jouriku kyoka ou 上陸許可), que é um carimbo do lado da página de visto japonês no passaporte.

A partir de dois meses antes da data término dessa permissão, se você quiser extender o visto, você deve ir para algum dos escritórios do Immigration Bureau (Nyuukoku Kanrikyoku ou 入国管理局). Da vez passada quando eu fui tirar o re-entry, eu fui para o escritório em Shinagawa. Dessa vez, eu fui para o escritório em Saitama, que fica a 10 minutos da estação Yono-Honmachi (与野本町駅) da linha JR Saikyo (埼京線). Se for usar um mapa, use esse e não o do Google Maps, que na data que eu escrevi esse post, eles ainda não atualizaram o endereço.

Para a renovação do visto (Zairyuu Kikan Koushin Shinsei ou 在留期間更新申請), você vai precisar dos documentos abaixo. Atente que essas dicas valem apenas para quem tem visto “college student”.

  • Formulários (note que parte do formulário deve ser preenchida e carimbada pela secretaria da faculdade)
  • Passaporte e gaikokujin touroku
  • Atestado de Matrícula (zaigaku shoumeisho ou 在学証明書)
  • Histórico Escolar (seiseki shoumeisho ou 成績証明書), caso você seja mestrando ou doutorando, ou certificado que diz o conteúdo da sua pesquisa (kenkyuu naiyou shoumeisho ou 研究内容証明書)
  • Certificado que diz que você deixou de ser estudante de pesquisa (kenkyuusei taigaku shoumeisho ou 研究生退学証明書), caso no período do visto você tenha ingressado no mestrado ou doutorado
  • Certificado que diz que você é bolsista (shougakukin shoumeisho ou 奨学金証明書)

O Atestado de Matrícula e Histórico Escolar podem ser impressos nas máquinas presentes no prédio número 8 de Engenharia (para os alunos da Graduate School of Engineering ou Graduate School of Information Science and Technology). O restante deve ser retirado no balcão do Escritório de Estudantes Internacionais, no primeiro andar do prédio 8.

Quando você for retirar o seu passaporte (deve demorar cerca de um mês), você terá que pagar ¥4.000 em revenue stamps. Depois disso, você deve ir até a prefeitura de onde você mora para atualizar o seu gaikokujin touroku e o cadastro do kokumin kenkou hoken (seguro-saúde nacional), e ir para a secretaria do seu departamento na sua faculdade com uma cópia do seu gaikokujin touroku atualizado – se não, você não recebe bolsa!

Maiores informações na página do Immigration Bureau e na do Escritório de Estudantes Internacionais da Engenharia da Universidade de Tóquio.

* * * * *

Já para a permissão de trabalho (o nome oficial é Permission to Engage in Activity other than that permitted under the Status of Residence Previously Granted, também conhecido como Shikakugai Katsudou Kyoka Shinsei ou 資格外活動許可申請), você precisará dos seguintes documentos:

  • Formulário
  • Passaporte, gaikokujin touroku e cartão da universidade

Você pode dar entrada na permissão de trabalho junto da renovação de visto. Para a permissão de trabalho, não é necessário pagar nada. Fique atento que a carga horária máxima de trabalho semanal é 28 horas, entre outras observações. Depois que você receber a sua permissão de trabalho, você deve entregar no seu departamento cópias dos dois lados do seu gaikokujin touroku e do carimbo de permissão de trabalho.

Maiores informações na página do Immigration Bureau.