Tokyo Midtown e Barbacoa

Na noite de Natal desse ano de 2011 (não a véspera!), nós fomos ver as luzes de Natal no Tokyo Midtown (東京ミッドタウン), que fica entre as estações Nogizaka (乃木坂駅) da linha Chiyoda e Roppongi (六本木駅) das linhas Hibiya e Oedo.

Lá é conhecido como um dos pontos de Tóquio que tem iluminação de Natal bonita – tanto que nem conseguimos ver a parte principal de tanta gente que tinha! Mas o que deu para ver bem de longe do Starlight Garden, parecia bem interessante!

Depois disso, fomos comer no Barbacoa. Aliás, finalmente depois de tanto ouvir falar nesses dois anos e meio! A janta sai por ¥4.500, mas é a única churrascaria que tinha cupim das que eu fui aqui no Japão – e eu gosto bastante de cupim, por sinal. As outras que eu recomendo, que embora não tenham cupim são muito boas, são o Tucanos Shibuya e o Capim Dourado em Sakado, Saitama.

Mundial de Clubes FIFA 2011: Santos x Barcelona

Dia 18 de dezembro, como muitos devem saber, foi a final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA, que aconteceu no Nissan Stadium (日産スタジアム, também conhecido pela FIFA como Yokohama International Stadium, palco da final da Copa do Mundo de 2002) em Yokohama. Para chegar no estádio de Tóquio, pegar a linha Tokyo Toyoko (東急東横線) e transferir na estação Kikuna (菊名駅) ou pegar a linha Shonan Shinjuku (湘南新宿ライン) e transferir na estação Yokohama (横浜駅), pegando por fim a linha Yokohama (横浜ライン) e parando na estação Shin-Yokohama (新横浜駅).

Os ingressos para assistir os jogos de decisão de terceiro lugar e da final saíram a partir de ¥9.000 – mas os ingressos esgotam rapidamente.

Eu cheguei no estádio umas 16h30, horário de início do jogo Kashiwa (campeão do país sede) x Al Saad (campeão da Ásia), que acabou terminando 0 a 0 no tempo regulamentar e 4 a 3 nos pênaltis para o time qatari. Depois, assisti a aula de futebol do Barcelona sobre o Santos, 4 a 0. Estava torcendo para o time brasileiro, mas realmente não teve jeito. Pelo menos valeu pelos lances bonitos!

Entrada do Nissan Stadium

Escudos dos clubes semi-finalistas do Mundial

Abertura da final

Jogadores em campo

E por fim, um bônus para vocês: Onde está o erro?

Português impecável

Kangeikai: Shilingol

Antes tarde do que nunca, a festa de boas-vindas dos novos membros do meu laboratório (kangeikai ou 歓迎会) que deveria ter sido em outubro aconteceu neste mês de dezembro (e acabou virando o bonenkai também). Imprevistos a parte, nós fomos em um restaurante de comida mongol chamado Shilingol. Ele está situado a uns 7 minutos da estação JR Sugamo (巣鴨駅) da linha Yamanote.

A comida em si é bem boa – se você gosta de carne de carneiro. Mas mesmo eu que não sou muito fã gostei da comida. Só o preço que sai razoavelmente caro: ¥3.150 o course mais barato, que vem com 9 pratos diferentes, sem bebida. Mas considerando a quantidade de comida, e que está incluso até um showzinho de um violino tradicional da Mongólia (chamado morin khuur), o preço está bem bom.

Copa do Mundo de Vôlei 2011

A Copa do Mundo de Vôlei acontece a cada quatro anos no Japão, e dessa vez o último dia de jogo foi no Ginásio Nacional de Yoyogi (Kokuritsu Yoyogi Kyougijou ou 国立代々木競技場). O ginásio está localizado do lado da estação Harajuku, e os ingressos custam a partir de ¥2.000, podendo ser comprados online, pelo Family Mart ou no próprio ginásio.

Eu fui assistir ao jogo de vôlei masculino do Brasil contra o Japão, que o Brasil ganhou de 3 a 0, garantindo assim o terceiro lugar na competição e a vaga para as Olimpíadas de Londres 2012. Aliás, o jogo foi muito bom, mesmo a torcida brasileira sendo minoria esmagadora no estádio.

Entrada do Ginásio Nacional de Yoyogi

Jogo Brasil x Japão pela Copa do Mundo de Vôlei Masculina 2011

Premiação do campeonato

Uma dica para quem for assistir algum dia: se seu ingresso não for lugar reservado, chegue bem antes para reservar um lugar bom.