E esta viagem chega ao fim

Caríssimos leitores do blog,

Depois de 5 anos e meio, o Kenji no Tabi (a Viagem do Kenji) chega ao fim. Tudo começou com um sonho antigo de vir para o Japão, e agora termina com a sensação de objetivo de vida cumprido.

Foram muitas conquistas e momentos felizes. Conheci e casei com a Elis, consegui meu mestrado e doutorado em uma das melhores universidades do mundo, tirei o N1 do Noryoku Shiken, aprendi shamisen, conheci muito da cultura e do interessantíssimo país que é o Japão, e conheci muitas pessoas que fizeram dessa jornada uma experiência ainda mais inesquecível. Claro que no meio houve muitos obstáculos e dificuldades, mas como dizem: “No fim, tudo dá certo. Se não deu certo, é porque não chegou ao fim”. Este degrau da minha vida chegou ao fim; agora irei para o próximo degrau e continuarei o que ainda será uma longa caminhada.

Quero agradecer aos leitores deste blog, alguns dos quais tive o imenso prazer de conhecer pessoalmente por aqui. Muito obrigado pelas 170,000 visitas nesses 5 anos e meio (contados dia 29 de Setembro de 2014), e espero que os mais de 400 posts tenham sido úteis. Fico muito feliz quando o que eu escrevi aqui é de alguma ajuda para um alguém!

Sobre o blog, deixarei ele por aqui por enquanto. Como não estarei mais no Japão, não sei se poderei mais ajudar vocês com muita coisa. Além disso, o blog também corre o risco de de ter conteúdo desatualizado. Se vocês virem algo desatualizado, por escrevam nos comentários para outras pessoas saberem o que mudou. Eu não sei se conseguirei dedicar muito tempo ao blog (vide o baixo número de postagens do último ano), então já peço desculpas adiantado pela eventual falta ou demora nas respostas.

Novamente, muitíssimo obrigado! Desejo sucesso a todos!

Abraços,

Kenji

Formatura do doutorado

Assim como no mestrado, eu tive minha formatura do doutorado na sexta-feira dia 26 de Setembro das 10h às 11h10. Desta vez, como o Auditório Yasuda está em obras, a formatura foi em um prédio ao lado do Akamon.

Eu fui escolhido novamente como representante discente dos doutorandos da Graduate School of Information Science and Technology. Ao que parece, o representante é aquele com a maior nota entre os formandos – mas como em Setembro não se forma muita gente, acho que devo ter sido um dos únicos doutorandos da minha Graduate School. Ou seja, o melhor entre uma ou duas pessoas, ou algo assim.

Formatura

Formatura

Depois dessa cerimônia, houve a cerimônia do departamento a partir das 11h45. Lá, eu recebi as cópias de histórico escolar e certificado de formatura, além do diploma em inglês.

Moradia para estudantes brasileiros

Para estudantes brasileiros que pensam procurar um apartamento na região de Tóquio e Saitama, e estão com dificuldades para encontrar algum, vou apresentar o que eu morei nesses últimos 4 anos.

Ele fica a 23 minutos da estação de Ikebukuro na linha Tobu Tojo, então para quem estuda na Universidade de Tokyo (campus Hongo), na de Saitama, Hitotsubashi, entre outros, é bem prático. O prédio fica a 8 minutos a pé da estação e tem dois supermercados por perto. E o melhor: o filho do dono morou no Brasil e gosta de ajudar estudantes brasileiros, então ele dá uma colher de chá – ou seja, não pede fiador (hoshonin), explica o contrato em português e é muito prestativo quando precisamos de alguma ajuda, além de ser muito legal.

Quem estiver interessado, entre aqui: http://www.urban-siki.co.jp/suh-top.htm

O preço atualmente (Setembro de 2014) está em 80,000 ienes para 2LDK (cerca de 52 metros quadrados) e 107,000 para 3LDK (não sei a metragem), sujeito a eventuais mudanças (embora o valor não tenha mudado nos últimos 4 anos).

Ishikawa Lab

Como meu atual orientador tem bastante orgulho do canal de Youtube do laboratório (cujo número de visitar é maior que canais de universidades inteiras), estou fazendo uma pequena propaganda aqui. Os vídeos são bem interessantes de assistir, de qualquer forma. Aqui vão alguns deles:

Robô que sempre ganha no jogo de jankenpo:

Scanner de livro que lê 200-300 por minuto sem precisar desmontar o livro:

Robô que corre:

(Só para constar, minha pesquisa é de uma área completamente diferente e não tem nada a ver com a linha de pesquisa do restante do laboratório)

Saindo do Japão

Muitos estrangeiros eventualmente têm de sair do Japão. Aqui vai uma listinha de coisas a fazer:

  • Contatar o dono do prédio que você aluga apartamento (se aplicável) pelo menos um mês antes de você sair
  • Cancelar contas de água, luz, gás e Internet
    • Para Internet, é possível que você tenha que enviar o modem de volta pelo correio, então dê tempo hábil para eles mandarem o envelope de devolução de modem (ou seja, ligue com antecedência)
    • Para as contas de água, luz e gás, é possível que eles precisem fazer medição na sua casa, então ligue com antecedência para eles. Além disso, eles podem querer que você quando a pessoa vier na sua casa, ou pague via conta bancária (nesse caso, não feche sua conta)
  • Fechar contas bancárias, se não forem mais necessárias. Leve seu inkan (se aplicável)
  • Ligue para a prefeitura cuidar do lixo grande (sodai gomi ou 粗大ごみ) com antecedência. Você deverá comprar selos no valor certo (certifique-se com a prefeitura onde estes selos podem ser comprados), e deve deixar o lixo grande no local combinado, na data combinada e com o selo colado em local visível
  • Ir para a prefeitura e entregar o formulário de saída definitiva. Resolver pendências com seguro-saúde, impostos (se aplicável) e aposentadoria (se aplicável)
  • Pagar parcelas do seguro-saúde referentes aos meses que você estará no Japão (se aplicável; pergunte para o funcionário da prefeitura quais parcelas devem ser pagas)
  • Pagar todas as parcelas dos impostos referentes ao ano anterior. Ou seja, todos os boletos que você recebeu devem ser pagos
  • Cancelar a conta de telefone. No caso da Softbank, é possível fazer isso nos aeroportos, mas vá com algum tempo de antecedência porque o processo pode ser demorado

Se você for estudante, resolva pendências na universidade, como devolução de livros para a biblioteca, devolução de carteirinha (se aplicável), etc. Pergunte para a secretaria quais procedimentos devem ser feitos.

Além disso, se precisar revalidar o diploma, verifique antes com a secretaria e com o consulado brasileiro qual o procedimento. Você provavelmente terá de ir no Gaimusho (外務省) validar o carimbo da universidade e ir no consulado validar o carimbo do Gaimusho, para só então ir a uma universidade no Brasil com diploma carimbado. Certifique-se que você todos os outros documentos necessários antes de sair do país também. Como eu não fiz isso ainda, não posso postar o procedimento aqui.

Por fim, não se esqueça de serviços de mudança. Existem empresas especializadas em mudança Japão-Brasil, assim como para outros países. Você pode também enviar por correio: barco, SAL, aéreo ou EMS (em ordem de velocidade e preço, do baixo para o mais alto).

Será que eu esqueci de escrever algo aqui? Se alguém lembrar de algo, escreva nos comentários!